domingo, 12 de novembro de 2017

jura secreta 18


Jura secreta 18

te beijo vestida de nua
somente a lua te espelha
nesta lagoa vermelha
Porto Alegre cais do porto
barcos/navios no teu corpo
os peixes brincam nu teu cio
nos teus seios minhas mãos
as rendas finas que vestias
sobre os teus pelos ficção

todos os laços dos tecidos
aquela cor do teu vestido
a pura pele agora é roupa
o sabor da tua língua
o batom da tua boca
tudo antes só promessa
agora hóstia entre meus dentes

e para espanto dos decentes
te levo ao ato consagrado
se te despir for só pecado
é só pecar que me interessa

Artur  Gomes

jura secreta 14


jura secreta 14

eu te desejo flores
lírios brancos margaridas
girassóis
rosas vermelhas
e tudo quanto pétala
asas estrelas borboletas
alecrim bem-me-quer e alfazema

eu te desejo emblema
deste poema desvairado
com teu cheiro
teu perfume
teu sabor, teu suor
tua doçura

e na mais santa loucura
declarar-te amor até os ossos

eu te desejo e posso
palavrArte até a morte

enquanto a vida nos procura

Artur Gomes 

overdose NU vermelho

Overdose NU Vermelho retesar as cores e os músculos com os dedos agarrados no pincel se faltar carne pra roçar os óvulo...